Minha análise do Windows Phone, depois de 10 meses de uso.

Imagem

 

   No último mês de Janeiro, decidi trocar de celular e pela primeira vez, usar um smartphone de verdade. Dentre as opções de sistemas operacionais, estavam Android e Windows Phone (iOS nem conto porque minha conta bancária não condiz com alguém que tenha iPhone.) Pois bem, já frustrado com a experiência de uso de um tablet Android, decidi comprar um Windows Phone, sistema operacional caçula dos já ‘idosos’ Android, do Google e iOS, da Apple.

   Coincidindo com o lançamento nacional da linha Nokia Lumia 2012, comprei o modelo 620. Na época, era o aparelho mais barato com o sistema da Microsoft (R$899). A primeira impressão foi boa. O sistema me agradou bastante, com toda sua fluidez. Com o tempo, fui pegando as ‘manhas’ do sistema e tudo vinha me deixando feliz. O problema começou quando fui visitar a loja de aplicativos. Com um ecossistema fraquíssimo se comparado aos dos outros sistemas, fui me frustrando aos poucos. Aplicativos ‘de nome’ como WhatsApp estavam presentes na plataforma, mas eram tão, mas tão ruins que nem usava. É nisso que o sistema peca. Quando há apps, eles são tão ruins que chegam a ser inutilizáveis. Pra se ter uma noção: NUNCA recebi uma notificação de mensagem no WhatsApp. Notificações e Windows Phone realmente não foram feitos um para o outro, já que o sistema nem central de notificações tem (Isso até um Asha da Nokia de R$200 tem!). A recente chegada dos apps Vine e Instagram mostrou mais uma vez que o Windows Phone é muito fraco. O Vine trava muito e de novo, inutiliza o app. Nem preciso falar do Instagram, né!? O app chegou capenga, não gravando vídeos, sem alguns efeitos nas fotos e sem opção de compartilhar a foto por redes sociais após a publicação. Mais uma vez, um serviço de porco.

Outras coisas chatas do Windows Phone:

*A tecla capacitiva de voltar incomoda, pois você esbarra nela toda hora;

*Os Wallpapers do Bing não mudam sozinhos conforme descrito;

*Problema na memória: a pasta ‘Outros’ fica cheia do nada. A minha chegou a ter quase 3GB. Nem Microsoft nem Nokia conseguiram resolver esse problema por completo, depois de quase um ano.

*O teclado é MÍNUSCULO. Se não fosse o ótimo corretor automático (Olha! Elogiei o Windows Phone :P), seria impossível digitar algo.

*O sistema de email é muito, MUITO ruim. Ele não sincroniza automaticamente seus emails e quando sincroniza, leva mais de 40 minutos.

*Nem um mísero app de YouTube ele tem!

*Aplicativos de terceiros muito mal feitos e com pouco aproveitamento de espaço na tela.

*A assistente virtual pode ser tudo, menos parecida com a Siri ou o Google Now. Tem voz robótica e entende poucos comandos.

*O sistema de tiles, na teoria, é ótimo, mas tem pouca utilidade.   

*Você nunca sabe como focar numa imagem para tirar uma foto.

*Não tem um multitarefa de verdade.

Pra não parecer tão chato (sou mesmo..haha), descrevo abaixo algumas poucas coisas que me agradaram:

*O Aplicativo de notas OneNote é o melhor. Tanto que tenho ele no meu iPad. O Evernote é confuso e difícil de usar.

*O corretor automático é sensacional.

*O pacote Office é um bom quebra-galho.’Upar’ documentos feitos no Word do PC e lê-los na tela do celular sem nenhum problema é algo que já se esperava da Microsoft.

 

Dito isso tudo,você se pergunta se eu recomendo a compra de um Windows Phone? Depende muito. Se você não costuma usar muitos apps e não se importa em não ter os últimos títulos de jogos, ele talvez seja para você. Agora, se você quer ter sempre os games e aplicativos do momento, vá de iOS ou Android.

Depois de dez meses, trocarei de plataforma. Vou para o lado robótico da força. O Moto G, celular de baixo custo e com um processador potente e Android puro, me conquistou. Até quando? Não sei, mas acho que será uma experiência mais agradável com um sistema com quase sete anos de mercado. Se algum dia voltarei a usar o Windows Phone? Como diz aquele ditado, ‘Nunca diga nunca’, mas como já tenho uma ideia de como o sistema é, dificilmente algo fará mudar minha opinião a respeito do WP.

 Aos adoradores de Windows Phone, me perdoem. O sistema de vocês pode até ser bom, mas não pra mim! 😉

Anúncios

Instagram chega finalmente ao Windows Phone

Imagem

   Ontem à tarde, foi finalmente liberado o aplicativo de compartilhamento de fotos Instagram para usuários da plataforma Windows Phone, da Microsoft. Essa verdadeira novela já durava mais de um ano. Chegaria ou não um app oficial? Depois de muitos rumores, a Nokia confirmou durante um evento em Outubro que o aplicativo chegaria nas ‘próximas semanas’. O app chega em um momento crucial para a Microsoft, que recentemente comprou a divisão de celulares da Nokia e viu seu Windows Phone despontar como 3º sistema móvel mais usado, sendo inclusive em alguns lugares ultrapassado pelo iOS, da Apple. 

   Porém nem tudo são flores: o app oficial não permite que você faça vídeos ou marque pessoas em fotos, algo que o mesmo programa já permite há tempo em suas versões para Android e iOS. Você pode postar fotos de duas maneiras: a mais fácil é selecionar uma em seu álbum de fotos e aplicar os famoso filtros. A outra é capturar uma imagem diretamente do app, coisa que não é lá muito intuitiva nessa versão BETA do app. Em comunicado oficial, o Instagram afirmou que quis liberar o app o mais rápido possível para os usuários e que, como se trata de uma versão beta, ele vai receber mais recursos nos próximos meses. 

   Mesmo capado, o Instagram tem tudo para fazer sucesso entre os usuários da plataforma móvel da Microsoft. Apesar de ter desavenças com meu Nokia Lumia, acho que agora a plataforma engrena de vez. A conferir. 

Imagem: Instagram no Facebook 

Texto original: Pedro Nunes

Review: Atualização Amber para Windows Phones da Nokia.

   Imagem

  Depois que a Nokia foi vendida para a Microsoft, o futuro dos atuais dispositivos Windows Phone da companhia finlandesa é incerto, mas a Nokia lançou uma atualização para seus atuais Lumias, que vem com diversas funções que permitem dar uma ”turbinada” nos aparelhos. Instalei a atualização, denominada como ‘Lumia Amber’ e aqui trago as principais novidades:

 

Rádio FM: Esse é um recurso básico e que fazia falta nos Lumias. O rádio FM funciona com fone de ouvido inserido no aparelho. Infelizmente, não pude testar o recurso, já que o meu Lumia 620 foi o único que não recebeu o tal recurso.

Glance: Esse é um recurso bem útil. Com a ajuda do sensor de proximidade, você pode ver o relógio sem precisar apertar qualquer botão. O recurso funcionou muito bem. Basta passar a mão por cima do celular, que o relógio logo aparece. 

Lumia Colour: Essa ferramenta permite controlar os tons de cores do seu aparelho, conforme o uso. Você pode aumentar a temperatura e a saturação das cores da tela. 

Data Sense: Esse é o meu recurso favorito da atualização. Ele exibe um gráfico que mostra o quanto de MB (Megabytes) estão sendo gastos com dados de internet, seja por Wi-Fi ou por rede celular. É uma maneira de controlar seus gastos sem tomar um susto na conta do final do mês. 

A atualização veio para preencher algumas lacunas do sistema operacional Windows Phone, que, apesar de gostar muito, penso que precisa evoluir bastante ainda para competir com os líderes iOS e Android. A ‘Lumia Amber’ está disponível para os Lumias 520,620,720,820 e 920. A atualização está sendo feita por escalonamento, portanto, pode demorar um pouco para chegar ao seu aparelho. 

Imagem: WindowsPhoneapps.es

 

Review: Nokia Lumia 620

Imagem

Lançado em Março no Brasil, o Nokia Lumia 620 chegou junto com seus dois irmãos: Lumia 820 e Lumia 920. O 620 é um dos mais acessíveis smartphones com Windows Phone 8 disponível no mercado,custando cerca de R$899,00. Recentemente, chegou também o Lumia 520, mais barato ainda, por cerca de R$599,00. Apesar de ser, na teoria, acessível, ele não deixa nada a desejar em comparação aos seus irmãos maiores.

CONFIRA O UNBOXING DO NOKIA LUMIA 620:

DESIGN:

Com um corpo arrendondado,o Lumia 620 agrada na empunhadura. Ele é um pouco mais grosso que os celulares que estamos acostumados a ver hoje em dia, mas isso não chega a incomodar. Por não ter uma tela gigante, fica fácil de mexer no aparelho usando apenas uma mão. Ponto positivo. Além disso, a capa traseira é inteiriça e pode ser trocada por outras com cores bem vivas como amarelo, verde-e-amarelo e laranja. Para tirar a capa, é necessário pressionar a lente da câmera, o que é bem estranho.

Imagem

TELA:

Com 3,8 polegadas e uma resolução de 480×800 pixels, o Lumia 620 certamente não é o celular com a melhor tela do mercado, mas certamente é uma das melhores  de sua categoria. Para se ter uma ideia,é impossível distinguir os pixels a olho nu,o que já é um grande avanço. Graças à tecnologia ClearBlack, a tela tem um preto profundo e muito bom.

HARDWARE:

Equipado com um processador Qualcomm Snapdragon S4, o Lumia 620 realiza com destreza a maioria das atividades que um smartphone deve fazer. Seu processador tem dois núcleos, de 1GHZ cada e 512 MB de RAM, o que é muito bom, se considerarmos que o Windows Phone 8 é um sistema leve e eficaz. Todos os jogos que testei rodaram super bem, sem qualquer engasgo ou travamento.

Imagem

SISTEMA OPERACIONAL:

O Lumia 620 roda o Windows Phone 8,mais recente versão do sistema móvel da Microsoft. O sistema compartilha o mesmo core do Windows 8,ou seja,o esqueleto do sistema móvel é o mesmo do famoso Windows usado em Notebooks,Ultrabooks e Desktops. A resposta do sistema é ágil e muito eficaz. Tudo roda perfeitamente bem, com uma suavidade que impressiona. Mas nem tudo são flores: Por ser um sistema operacional relativamente novo (Foi lançado em meados de 2010), o Windows Phone carece no quesito aplicativos. Navegando pela sua loja de apps,se vê que muitos aplicativos famosos não estão disponíveis na plataforma,como por exemplo,o Dropbox,Instagram e nem mesmo um app oficial do YouTube. Para quebrar um galho, alguns desenvolvedores criam manobras de você acessar tais aplicativos. O Metrogram,por exemplo,permite que você visualize e curta as fotos de seus amigos no Instagram,só não permite o upload de fotos. Um webapp,baseado na internet,é a escolha para quem quer ver os vídeos do YouTube. Apesar de tantas faltas, estão presentes nomes de peso como Angry Birds,Fruit Ninja,Box,Foursquare,Twitter,Facebook,Need For Speed,TuneIn Radio e até mesmo o Kindle,da Amazon. Esses apps quebram um bom galho, mas se você é fã nº 1 do Instagram ou adora achar apps inovadores, talvez o Windows Phone 8 não seja pra você.

Imagem

BATERIA:

A bateria, infelizmente, não é um dos fortes do 620. Tem 1.300mAh e com brilho baixo e uso moderado de apps e internet, dura cerca de 1 dia e meio. Uma coisa bizarra que acontece comigo frequentemente é a drenagem da bateria durante a noite,quando vou dormir. Tiro o celular da tomada e programo o despertador. O acordar na manhã seguinte, me deparo com cerca de 20-25% a menos de bateria, ou seja: Ela é muito faminta!

ARMAZENAMENTO:

O Armazenamento interno do Lumia 620 conta apenas com 8GB de memória. Felizmente, há um slot para cartões MicroSD de até 64GB. Um bug bem estranho é o que ocorre na pasta ‘’Outros’’. Essa pasta, abruptamente, vai acumulando megabytes, chegando a ter mais de 1GB de memória. Há diversos fóruns na internet relatando o problema e a própria Microsoft disse que está investigando o caso.

CÂMERA:

Apesar de ser o Windows Phone 8 mais barato do mercado,o Lumia 620 traz duas câmeras. A frontal é VGA, perfeita para realizar videochamadas via Skype. A principal tem 5 megapixels e conta com um flash de LED. A qualidade das fotos me surpreendeu. Graças à possibilidade de se controlar o ISSO e o balanço de branco, a maioria das fotos que fiz ficaram muito boas. À noite, elas perdem toda sua qualidade, portanto, é necessário o uso do flash, mas que não ajuda muito no produto final. Além de fotos, o Lumia 620 grava vídeos em 720p, que não é o FullHD(1080p),mas que quebra um bom galho em filmagens caseiras. Graças aos apps exclusivos da Nokia, como o Cinemagrafia e o Panorama, a câmera cumpre bem o papel de estar presente num smartphone de entrada.

Confira alguns exemplos de fotos feitas com o Lumia 620:

https://skydrive.live.com/#cid=4CECEE05BDD0B355&id=4CECEE05BDD0B355%211217

https://skydrive.live.com/#cid=4CECEE05BDD0B355&id=4CECEE05BDD0B355%211202

https://skydrive.live.com/#cid=4CECEE05BDD0B355&id=4CECEE05BDD0B355%211196

CONCLUSÃO:

O Nokia Lumia 620 é um smartphone que promete atender grande parte da população à procura de um aparelho com Windows Phone. Tem um design muito bonito e hardware respeitável. O sistema é suave e eficaz, pena que faltam alguns apps de peso, mas isso, em minha opinião, é questão de tempo.

NA CAIXA: Telefone, Cabo de Dados USB,Fones de Ouvido,Adaptador para tomada e manual.

PONTOS POSITIVOS:

*Design agradável

*Tela nítida

*Sistema Windows Phone é leve e agradável de usar.

*Apps exclusivos da Nokia, como o HERE Maps.

PONTOS NEGATIVOS:

*Sistema Windows Phone carece ainda de alguns apps de ‘’nome’’, como Instagram e Dropbox.

*Poderia ser mais fino

*Apenas 8GB de memória interna.

*Bateria dura pouco.

Nokia lança Lumia 520,por R$599.

   A Nokia Brasil confirmou a chegada do Lumia 520,aparelho com Windows Phone 8 mais barato do mercado. Anunciado na Mobile World Congress,o Lumia 520 conta com uma tela de 4 polegadas,512MB de RAM,Processador dual-core de 1gHz e câmera de 5 megapixels. Apesar de ter o pacote completo do que se espera num smartphone,ele tem alguns itens a menos que seu irmão maior,o Lumia 620 (Que inclusive é meu smartphone pessoal. Em breve tem review dele!). Ficaram fora do Lumia 520 a câmera frontal,suporte a NFC e flash da câmera traseira.

   Imagem

    O que mais chama a atenção no Lumia 520 é seu preço,o menor já praticado por um Windows Phone 8: R$599 reais,contra R$899 do Lumia 620. A Nokia afirma que o aparelho já está á venda nas Lojas de varejo da Nokia,e que em breve,estará disponível na loja online da empresa. Capinhas coloridas poderão ser adquiridas em breve também,já que o telefone virá apenas nas cores preta e branca. 

Nokia lança sua nova linha Lumia no Brasil.

Imagem

 

   Após meses sem qualquer notícia,a Nokia lançou nesta quarta(20),sua nova linha de smartphones Lumia,com o sistema operacional Windows Phone 8. Três modelos compõem a linha,um aparelho para cada faixa de preço.

  • Lumia 620(R$899): Modelo mais ”básico”,traz processador dual-core de 1Ghz,512MB de RAM,Windows Phone 8,Tela de 3,8 polegadas TFT e 8GB de memória interna,podendo ser expandida para até 64GB. A câmera traseira é de 5 megapixels e a frontal,VGA.
  • Lumia 820(R$1599): Intermediário,o 820 tra uma tela AMOLED de 4.3 polegadas,1GB de RAM,8GB de memória,expansível para até 64GB,Processador dual-core de 1.5Ghz e câmera de 8 megapixels traseira e frontal VGA.
  • Lumia 920(R$1999): O topo de linha da marca traz uma tela LCD de 4,5 polegadas que suporta uso de luvas e outros materiais. Tem 32GB de memória,1GB de RAM e processador dual core de 1.5 Ghz. Mas o grande destaque do Lumia 920 é sua câmera: Tem 8 megapixels e contam com a tecnologia PureView,que possibilita um zoom digital sem perda de qualidade da imagem,além de proporcionar uma melhor qualidade de imagem usando múltiplos pixels,que combinados,geram uma imagem mais nítida. Em suma: um monstro da fotografia móvel. 
  • Acessórios: Junto com os aparelhos,a Nokia lançou algumas capas personalizáveis para os aparelhos. Pro Lumia 820,serão duas versões: Com ou sem capacidade de recarregar sem fio,custam entre $39 e $79,com várias cores. Já pro 620,a novidade são capinhas dual-shot,ou seja,trazem dois tons de cores em uma capa. Uma traslúcida e outra por cima,dando o efeito de duas cores. Custarão R$39. Além delas,carregador wireless por R$199 também estará disponível.

 Os três modelos já estão à venda no varejo e nas lojas oficiais da Nokia. Curiosamente,na Loja virtual da empresa,o Lumia 820 é o único dos três que não aparece disponível para compra.