Samsung lança seu primeiro celular de metal, o Galaxy Alpha

 

Samsung Galaxy Alpha

      Depois de muitos rumores, a Samsung oficializou hoje o lançamento do Galaxy Alpha. Ele se diferencia dos outros tantos Galaxys por trazer um corpo de metal, ao invés do plástico. Por dentro, o Alpha é uma versão mais modesta do Galaxy S5, carro chefe da coreana para 2014. A tela tem 4,7 polegadas, com resolução HD (720 x 1280), câmera de 12 megapixels, sensor de batimentos cardíacos e de impressão digital e 32GB de memória (sem expansão por cartão de memória). O Galaxy Alpha será lançado em Setembro, mas não tem preço definido ainda. Ele estará disponível nas cores: preto, branco, dourado, azul e prata. 

Opinião: Fica claro, mais uma vez, que a Samsung mira a Apple com esse mais novo smartphone. A tela, de 4,7 polegadas, é do mesmo tamanho do rumoroso iPhone 6, que deve dar as caras em setembro. O corpo de metal com bordas chanfradas também lembra bastante os últimos iPhones e iPads. Apesar da inspiração na maçã, é legal ver a Samsung apostando em novos materiais para seus celulares. 

Confira vídeo de apresentação do Galaxy Alpha: 

Imagem: The Verge

Texto: Pedro Nunes

Microsoft lança Lumia 930 no Brasil

Imagem: wpclube.com.br

Nokia  Microsoft lançou nesta quinta-feira (07), o seu mais novo smartphone topo de linha, o Lumia 930. Trata-se do primeiro modelo topo de linha a ser lançado depois da compra da Nokia pela gigante de Redmond e o segundo com Windows Phone 8.1 a desembarcar por aqui. O aparelho tem tela de 5 polegadas Full HD (1080×1920) com Corning Gorilla Glass 3, 32GB de memória interna (sem possibilidade para expansão), 2GB de RAM e uma câmera de 20 megapixels PureView, que usa a mesma tecnologia presente no Lumia 1020. O corpo do aparelho é feito de alumínio, bem estilo Apple.

O Lumia 930 já vem com a mais nova versão do sistema operacional móvel da Microsoft, o Windows Phone 8.1. Dentre as novidades, está a possibilidade de adicionar wallpapers na tela inicial. O Teclado ganhou melhorias, com a inclusão do que a empresa chama de Word Flow. É a mesma ideia do Swype, velho conhecido dos donos de Android e, em breve, do iOS. Alguns apps famosos já estão disponíveis para a plataforma, como Instagram, Vine, WhatsApp e Temple Run, mas não espere um catálogo fenomenal, como na App Store e na Google Play.

O Nokia Lumia 930 já está à venda nas lojas físicas da empresa, espalhadas em shoppings. O preço é de R$1899 e em breve, ele chega ao varejo. A empresa está fazendo uma promoção especial. Para os mil primeiros compradores, a empresa dará uma caixa de som bluetooth, que normalmente custa R$200.

Texto: Pedro Nunes

Apple atualiza MacBook Pro com tela Retina


A Apple atualizou na manhã desta terça-feira (29), a sua liinha de notebooks profissionais MacBook Pro com tela Retina. Os modelos de 13 polegadas contam agora com 8GB de memória RAM por padrão (Antes era 4GB). Já o modelo maior, de 15 polegadas, agora vêm com 16GB por padrão. Nos Estados Unidos, o modelo de 13 polegadas sem tela Retina e o modelo topo de linha de 15 polegadas tiveram reduções de preço em $100. Aqui no Brasil, apenas o modelo de 15 polegadas recebeu um corte de preço (Antes R$12.999 e agora R$12.499).

  • MacBook Pro (Sem tela Retina): Intel Core i5 dual core de 2,5GHz, 4GB de RAM e Disco rígido de 500GB, por R$5.299;
  • MacBook Pro com tela Retina (13 polegadas): Processadores Intel Core i5 dual core variando de 2,6 GHz a 2,8 GHz, memória RAM de 8GB por padrão e opções de 128GB, 256GB e 512GB de SSD (Disco de Estado Sólido). De R$6.699 a R$9.199.
  • MacBook Pro com tela Retina (15 polegadas): Intel Core i7 quad core de 2,2GHz a 2,5 GHz, memória RAM padrão de 16GB e opções de SSD de 256GB e 512GB. De R$9.999 a R$12.499.

Você já pode encomendar os notebooks (http://store.apple.com/br/buy-mac/macbook-pro). O prazo de entrega é de 2 a 3 semanas.

Texto: Pedro Nunes

 

Tudo sobre o Fire Phone, aposta da Amazon no mercado móvel

Divulgação Amazon

Divulgação Amazon

A Amazon anunciou mês passado, em um evento para jornalistas e clientes selecionados da empresa, a sua mais nova aposta de hardware: o Fire Phone ($199 com contrato de 2 anos. Exclusividade da AT&T) . Trata-se do primeiro smartphone fabricado pela gigante do e-commerce. Passado o hype do anúncio, será que vale a pena investir no aparelho?

*Apenas esclarecendo que o Fire Phone está disponível apenas nos EUA. Não há qualquer informação se a Amazon pretende expandir a distribuição do aparelho.

Afinal de contas, quais são os diferenciais do Fire Phone?

O Fire Phone conta com a tecnologia Dynamic Perspective. Cinco câmeras estão localizadas na frente do aparelho. Elas estão ali para rastrear o movimento da sua cabeça e do smartphone, fazendo com que apps e games possam ser controlados apenas mexendo sua cabeça. Na teoria, a idéia parece ser bacana, mas nos primeiros reviews do aprelho, não houve muita empolgação, já que a tecnologia não beneficia tanto assim o usuário no dia a dia. Alguns jogos já tiram proveito da tecnologia. To-Fu Fury e Saber´s Edge. Com esses games, o jogador pode se sentir dentro da história, explorando cenários e personagens apenas com o movimento da cabeça. A dúvida que paira no ar é: será que os desenvolvedores vão abraçar a idéia e criar aplicativos específicos para o Fire Phone? Isso só o tempo dirá…

Outro diferencial do Fire Phone se chama Firefly. Ele reconhece diversos itens, que vão desde livros e revistas, a músicas e vídeos. Para usar, o usuário aperta apenas um botão e aponta para um objeto. O sistema automagicamente reconhece o objeto e o linka para, adivinhem? A página do produto na Amazon! As análises do aparelho mostraram que o Firefly é um sistema bastante promissor, mas que ainda falha. ‘’O Firefly pode reconhecer um monte de coisas, mas é incrivelmente inconsistente’’ escreveu David Pierce, do The Verge. Diversos produtos testados não foram ‘lidos’ pelo aplicativo. Não se esperava outra coisa, já que se trata de uma tecnologia nova e que vai avançar muito nos próximos anos. A propósito: o SDK (Software Development Kit ou Kit de Desenvolvimento de Software) também está disponível para o Firefly’.

Existem outros diferenciais do aparelho, como por exemplo:

O MayDay oferece suporte por vídeo 24 horas, 7 dias por semana. Um atendente da Amazon ajuda o usuário a usar o novo telefone. Simples e prático. Essa função, que já estava presente nos tablets da Amazon há um tempo, agradou a maioria dos jornalistas.

A Amazon também está com uma oferta especial: se você comprar um Fire Phone, ganha automaticamente 1 ano de Amazon Prime (regularmente, custa $99/ano). Com o Prime você pode receber suas encomendas em até dois dias, além de desfrutar de diversos títulos de álbuns, livros e filmes gratuitamente.

Vai pegar?

Essa é a grande questão. Será que o Fire Phone pode bater de frente com iPhones e Galaxys da vida? Muitos acreditam que não. Pelo software confuso (baseado no Android) e a falta da suíte de apps do Google, o Fire Phone pode se tornar um calcanhar de aquiles para a Amazon. É fato que ele vai agradar os consumidores fiéis da gigante de Seattle, mas ela vai precisar comer bastante feijão com arroz pra chegar ao nível de Apple e Samsung.

Abaixo, confira a análise do aparelho, feitas pelo  The Verge e do Gizmodo, principais sites de tecnologia:

The Verge: http://www.theverge.com/2014/7/22/5923697/amazon-fire-phone-review

Gizmodo:  http://gizmodo.com/amazon-fire-phone-review-a-shaky-first-step-1608853105

Texto: Pedro Nunes

Veja a evolução do iPad, que completa quatro anos hoje

Pois é, parece mentira, mas já faz quatro anos que a Apple lançou o iPad, produto totalmente diferente e revolucionário. O produto que inaugurou a categoria de tablets foi lançado no dia 27 de janeiro de 2010, mas chegou ao mercado somente em 3 de abril do mesmo ano. Conheça a evolução de um dos produtos mais bem-sucedidos da história.

iPad (1ª geração – Abril de 2010): Inaugurando a categoria de tablets, o iPad trazia uma tela de 9,7 polegadas multi-touch, 256MB de memória RAM, processador Apple A4, memórias de 16GB, 32GB ou 64GB e opção de internet 3G. Somente na cor preta. Vendas: 300.000 em apenas 1 dia.

Imagem

 

iPad 2 (Março de 2011): A segunda geração do iPad veio cheio de novidades. O modelo ganhou duas câmeras, uma frontal e outra traseira, novo design ultrafino e processador Apple A5 dual-core. Foi neste modelo que as Smart Covers foram lançadas. Sem registro de vendas oficiais da Apple.

Imagem

iPad de 3ª geração (Início de 2012): O novo iPad veio com uma tela Retina de alta resolução, um processador ainda melhor(Apple A5X, com gráficos quad-core) e câmera traseira de 5 megapixels. Além disso, ganhou suporte à redes 4G LTE. Vendas: 3 milhões no primeiro fim de semana.

Imagem

iPad de 4ª geração (Fim de 2012): O iPad de quarta geração não trouxe mudanças visuais. Apenas ganhou um processador A6X com gráficos quad-core, LTE melhor, uma câmera frontal HD e o conector Lightning.  Vendas: 3 milhões, divididos com o iPad mini.

Imagem

 

iPad mini (2012): Após rumores, a Apple enfim oficializou uma versão menor de seu tablet. O iPad mini vinha com uma tela de 7,9 polegadas, chip A5 dual-core, opção de 4G LTE e câmera de 5 megapixels. Vendas: 3 milhões no primeiro final de semana, juntamente com o iPad de 4ª geração.

Imagem

iPad Air(2013): A quinta geração do tablet veio com um design bastante parecido com o do iPad mini, com bordas reduzidas. Ganhou um processador Apple A7, com arquitetura de 64-bits. Vendas não confirmadas pela Apple.

Imagem

iPad mini com tela Retina (2013): A 2ª geração do mini ganhou uma tela de alta resolução, o processador Apple A7, com arquitetura de 64-bits e 1GB de memória RAM. Sem número de vendagens oficial. Imagem

Apesar das concorrentes lançarem tablets, o iPad continua sendo a melhor escolha, com processadores renovados e experiência aprimorada. Parabéns, iPad! 🙂

Celular curvo da LG chega ao Brasil amanhã

Imagem 

 

A LG Electronics lança amanhã no Brasil o LG G Flex. O aparelho chama a atenção por possuir uma tela curva de 6 polegadas, feita de POLED. Além disso, ele conta com a função de regeneração de riscos na parte traseira, ou seja, os riscos mais superficiais desaparecerão com o tempo. Dentre as especificações, estão uma câmera de 13 megapixels com flash, botões de volume e energia na parte traseira, 32GB de memória interna( sem possibilidade de expansão e função Dual Window, para rodar dois aplicativos ao mesmo tempo, em tela dividida. O aparelho começa a ser vendido amanhã, por R$2699, inicialmente em lojas físicas da LG, mas uma rápida busca em sites de compra como Walmart e Americanas, o aparelho já se encontra em estoque.

Curioso pra ver o smartphone se regenerando de riscos? Um vídeo do YouTube mostra como funciona, confira:

Tudo sobre a inauguração da primeira Apple Retail Store do Brasil

Imagem

Como muitos já devem saber, foi inaugurada no último sábado (15), a primeira loja oficial da Apple na América Latina e no Brasil. Localizada no shopping de luxo Village Mall, no Rio de Janeiro, a loja segue o padrão Pavillion, em que a parte da frente é dedicada aos produtos (iPad, Mac, iPhone, iPad) e a parte de trás ficam o Genius Bar, prateleiras de acessórios e a mesa de workshops. A inauguração contou com a presença de mais de 1.500 pessoas, que formaram filas desde o dia anterior. O shopping(Village Mall) ofereceu um um espaço com ar-condicionado e banheiros para quem foi se aventurar a passar a noite no centro de compras.

Exatamente às 11h, as portas da Apple Store se abriram e o furor tomou conta do espaço. Com distribuição de camisetas comemorativas, os clientes já foram experimentar todos os produtos do universo Apple e testar o Genius Bar, espaço que oferece ajuda aos consumidores que compraram produtos e estão com dúvidas/problemas. Os preços praticados na loja física conferem com os da sua loja virtual, disponível em apple.com.br/store.

Imagem

O CEO da empresa, Tim Cook, não compareceu à inauguração, mas não esqueceu dos consumidores brasileiros. Ele twittou sobre a inauguração:

@Tim_Cook

@Tim_Cook

A Apple provou que está interessada no público brasileiro, ao oferecer toda a experiência da marca mais conhecida do mundo para o território brasileiro. A empresa pretende abrir novas lojas por aqui, mas nenhuma data ou localidade foi confirmada. Seja bem-vinda, Apple! 🙂 Abaixo, seguem mais algumas fotos do Lucas Ribeiro, que foi conferir a loja:

ImagemImagem

Texto: Pedro Henrique Nunes e Lucas Ribeiro

Fotos: Apple e Lucas Ribeiro.